quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Uma História de Amor

Uma História de Amor Um único Ser! Duas almas unidas pela natureza! Mostrando ao mundo a sua face iluminada. Ansiando tudo, e ao mesmo tempo nada. Resplandecendo a sua beleza! Verdadeiros apaixonados pela vida, Intensificando os sentimentos a cada dia que vai passando? Dedicação, admiração conseguida, A cada projecto, a cada carinho que se vai desejando? Dolorosa saudade sentida pelos que amam na plenitude, Enquanto estão separados fisicamente, quando não se podem ver? Dor que envolve as suas emoções repletas de juventude. Intensa é a vontade de se abraçar, de não se deixar enfraquecer! Cada conquista a dois, é uma vitória sem igual. A força do sentimento que os une, está sempre presente? Dão-se por inteiro, de uma forma especial, Acariciando o corpo, alimentando o coração e o que este sente? Almas vivas! Belíssimas almas, que vivem o Amor! Ondas leves! Ondas calmas, onde colocam suas vidas, para não sentirem dor. Serenidade no olhar, que reflecte o estado de espírito em cada momento, Emoção sentida em cada beijo trocado, mágico, como se fosse encantado? Nada lhes é indiferente, porque nada é tormento, Transparecem seus sentimentos através desse olhar tão apaixonado! Incessantemente se buscam, para mais docemente se perder, Manifestando carinho a cada pequena frase insignificante? Escrevem, pensando em quem os faz viver, Nada lhes dá mais felicidade que ser amado e ser bom amante? Têm força de viver! Vivem para se amar ? O verdadeiro Amor, é feito de doçura, para quem o encontrar!... Sós! Ficam os seus corpos, quando um deles parte? Unidos, permanecem. Na Alma e no sentimento. Bebem o cálice da imortalidade, característico da Arte! Lutam por se amar, até no pensamento? Indiferentes à perda da carne enfraquecida, Matam a dor da saudade do momento, Enternecidos, seus espíritos se fundem, nos dias que restam de vida! Uma vida dedicada ao sentimento sublime

Nenhum comentário: