quinta-feira, 29 de maio de 2008

o reflexo do caminho percorrido...

Obra realizada para o 1º Salão internacional de Artes Plásticas de S.João da Madeira O reflexo do Caminho Percorrido Incontáveis são os passos dados em falso, Que ao longo da nossa juventude marcam a nossa personalidade. Viver, é sinónimo de “caminhar descalço”, Numa superfície repleta de rugosidade. Mas quando conseguimos nos “calçar”, À medida que andamos, conseguimos observar atentamente. Que a vida tem eternos obstáculos por ultrapassar, Inexistentes no olhar, mas que a alma tanto sente… É assim, que nosso “sapato” fica marcado, Pelo fluído que representa o sofrimento, Esse sofrimento, que passa por nós, e tanto atinge a alma… Somos seres recordando o passado, Assim como cada belo sentimento, Procurando em cada momento, um pouco de felicidade e calma! Caty

2 comentários:

Hermínia Nadais disse...

Agora... compreendo o imenso valor do sapatinho... Além de uma excelente pintora é uma excelente poetisa.
Obrigada pelo espaço. Bjitos

Ricardo Tavares disse...

Adorei... pela simplicidade, pelo impacto visual e pelo sentido dado pelo título. Parabéns